Fórum Portal Vídeos Guia de Episódios Sobre



Todos os horários são GMT - 3 horas


Portal Chespirito



Criar novo tópico Responder  [ 569 mensagens ]  Ir para página Anterior  1 ... 34, 35, 36, 37, 38  Próximo
  Exibir página para impressão

Re: Economia
Autor Mensagem
MensagemEnviado: 25 Mai 2018, 15:49 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 23 Abr 2012, 21:18
Mensagens: 9234
Curtiu: 317 vezes
Foi curtido: 546 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Portuguesa
Era tudo mentira!

(Chamem Orestes Quércia)

O governo tá perdidinho nisso...

_________________
Imagem


Títulos e posições de destaque:

1º em A Fazenda do Fórum Chaves 4 :campeao:
1º no Foot Betting 2015 :campeao:
1º na eleição de usuário do mês - dezembro/2015 :campeao:
1º na eleição de usuário do mês - setembro/2016 :campeao:
1º no Torneio GUF 19 - Série A :campeao:
1º em A Fazenda do Fórum Chaves Segunda Chance :campeao:
2º na eleição de usuário do mês - agosto/2012 :vice:
2º na eleição de usuário do mês - outubro/2013
2º no XIV Concurso de Piadas
2º no Trivia Fórum Chaves 3
2º na A Casa do Chavesmaníacos 14
2º no Foot Betting 2017
3º na eleição de usuário do mês - setembro/2013 :terceiro:
3º no Torneio GUF Série B 14
3º na eleição de usuário do mês - outubro/2015
3º no Torneio GUF Série A 18
3º na eleição de usuário do mês - janeiro/2016
3º na eleição de usuário de 2016
3º na eleição de usuário do mês - novembro/2017
4º na III A Fazenda do Fórum Chaves Imagem
4º na eleição de usuário do mês - abril/2015
4º na eleição de usuário do mês - novembro/2015


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Economia
MensagemEnviado: 25 Mai 2018, 15:53 
Offline
Avatar do usuário
Moderador

Registrado em: 02 Fev 2009, 12:40
Mensagens: 48554
Localização: Indaial/SC
Curtiu: 250 vezes
Foi curtido: 778 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras


:pancada:

_________________
Meus títulos e conquistas no FCH:

Moderador Global do FCH (2012 à 2014 / desde 2016)
Moderador do Meu Negócio é Futebol (2010 à 2012 / 2015 à 2016)
Eleito o 1º vencedor do Usuário do Mês - Março 2010
Campeão do Bolão da Copa do FCH 2010
Campeão do 13º Concurso de Piadas 2011
Bicampeão do Bolão do FCH - Brasileirão (2011 e 2012)
Campeão do Bolão do FCH - Liga dos Campeões (2011/2012)
Campeão de A Casa dos Chavesmaníacos 10 (2012)
Campeão do Foot Beting (2014)
Tetracampeão da Chapoliga (2014, 2015, 2016 e 2017)
Campeão de O Sobrevivente - Liga dos Campeões (2016/2017)


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Economia
MensagemEnviado: 26 Mai 2018, 03:46 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 72028
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 4389 vezes
Foi curtido: 1074 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
https://g1.globo.com/economia/noticia/o-que-e-locaute-entenda-o-termo-usado-pelo-ministro-da-seguranca-raul-jungmann.ghtml

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou que o governo apura se houve prática de locaute pelas empresas de transporte durante o movimento dos caminhoneiros pela redução do preço do diesel.

Mas o que é locaute ?

Locaute (termo originado a partir da palavra em inglês lock out) é o que acontece quando os patrões de um determinado setor se recusam a ceder aos trabalhadores os instrumentos para que eles desenvolvam seu trabalho, impedindo-os de exercer a atividade.

Ou seja, agindo em razão dos próprios interesses, e não das reivindicações dos trabalhadores.

A legislação impede a prática.

O artigo 17 da lei 7.783 diz : "Fica vedada a paralisação das atividades, por iniciativa do empregador, com o objetivo de frustrar negociação ou dificultar o atendimento de reivindicações dos respectivos empregados (lockout)".

Segundo o ministro, no caso do movimento dos caminhoneiros, do qual participam autônomos (sem vínculo empregatício com transportadoras), é preciso apurar o interesse direto das empresas de forçar a redução do preço do diesel.

O locaute se difere da greve, amparada pela lei.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Economia
MensagemEnviado: 26 Mai 2018, 13:49 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 72028
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 4389 vezes
Foi curtido: 1074 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo


--


_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Economia
MensagemEnviado: 27 Mai 2018, 21:18 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Mensagens: 27494
Curtiu: 2456 vezes
Foi curtido: 1553 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
A Globo nem se ligou que tem esse vídeo em HD no Youtube, e em vez disso veiculou imagens de má qualidade compartilhadas por Whatsapp no Jornal Nacional.



Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Economia
MensagemEnviado: 27 Mai 2018, 21:19 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 12 Abr 2014, 21:25
Mensagens: 14528
Localização: Moro no Oito
Curtiu: 990 vezes
Foi curtido: 1345 vezes
Programa CH: Chespirito
Time de Futebol: Vasco
Nossa, eu vi aquilo, pareceu até proposital

_________________


“Não existe episódio semelhante! Existe preguiça de ver o episódio até o fim!”
- XAVIER, Evilásio


12/04/2014 a 13/07/2014 - Toupas Prancas
13/07/2014 a 30/12/2014 - O gordo e o obeso
30/12/2014 em diante - O Gordo

MEMBRO do FÓRUM CHAVES desde 12/ABR/2014
USUÁRIO DO MÊS em DEZ/2014, FEV/2015, MAR/2015, ABR/2015, NOV/2016, FEV/2017, DEZ/2017, FEV/2018, MAI/2018 e em JUL/2018
.
MODERADOR em 09/MAI/2015 (1º mandato - DDNL); 09/NOV/2015 (2º mandato - DDNL);
MODERADOR GLOBAL em 05/MAI/2016 (3º mandato - Global)
MODERADOR em 07/MAI/2017 (4º mandato - Moderador)


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Economia
MensagemEnviado: 28 Mai 2018, 22:36 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Mensagens: 27494
Curtiu: 2456 vezes
Foi curtido: 1553 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Brasil perdeu US$ 1 bi em exportações por causa de greve, estima AEB
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economi ... aralisacao


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Economia
MensagemEnviado: 29 Mai 2018, 09:19 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 72028
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 4389 vezes
Foi curtido: 1074 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/05/governo-pode-aumentar-impostos-para-compensar-reducao-de-tributos-sobre-diesel.shtml

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, poderá recorrer a aumento de impostos para compensar a redução da tributação no diesel até o fim do ano.

Da redução de impostos de R$ 0,46 prometida pelo governo, R$ 0,16 virão do corte a zero da Cide e R$ 0,11 da diminuição do PIS/Cofins.

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, afirmou que essa parcela da redução, vinculada aos tributos federais, será parcialmente compensada pela reoneração da folha de pagamentos.

Além do aumento de impostos, o Ministro da Fazenda poderá recorrer à eliminação de benefícios fiscais em vigor. A maior parte desses incentivos, porém, é vinculada a leis aprovadas no Congresso Nacional e sua retirada é complexa.

O que já está certo para o Ministério da Fazenda é que a redução localizada no diesel será compensada por outro tributo.

"Em vez de Cide e PIS/Cofins, vamos tributar outras coisas", afirmou.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Economia
MensagemEnviado: 29 Mai 2018, 11:25 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 72028
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 4389 vezes
Foi curtido: 1074 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
https://oglobo.globo.com/economia/maia-critica-ministro-da-fazenda-diz-que-camara-nao-aprovara-aumento-de-imposto-22728188

O presidente da Câmara e pré-candidato à Presidência da República, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, e afirmou que a Casa não vai aprovar aumento de impostos.

Eduardo Guardia afirmou, nesta segunda-feira, que tributos podem ser elevados para compensar as propostas feitas pelo governo aos caminhoneiros para reduzir o preço do diesel. Rodrigo Maia afirmou que o ministro não manda no Congresso.

— Não vai ter (aumento), porque isso aqui é uma democracia e ele (Guardia) não manda no Congresso Nacional. O que ele fez ontem foi muito irresponsável. Ele vem falando de aumento de imposto. O movimento todo tem de fundo a questão de não ter aumento de imposto e ele fala o contrário — afirmou Rodrigo Maia.

— Ele sabe muito bem que no Congresso não haverá aumento de impostos. Enquanto eu for presidente da Câmara, não vai ter nenhum aumento de imposto.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Economia
MensagemEnviado: 29 Mai 2018, 20:27 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Mensagens: 27494
Curtiu: 2456 vezes
Foi curtido: 1553 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Imagem
Deputado Beto Mansur (MDB-SP) Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

“Não tem almoço de graça. Quem vai pagar a conta das isenções aos caminhoneiros é a população brasileira”, DO VÍCE-LÍDER DO GOVERNO NA CÂMARA, BETO MANSUR (MDB-SP), sobre as reduções no óleo diesel para a categoria.
COLUNA DO ESTADÃO / ESTADÃO


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Economia
MensagemEnviado: 12 Jun 2018, 22:29 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Mensagens: 27494
Curtiu: 2456 vezes
Foi curtido: 1553 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Imagem
A tradução da história dinamarquesa "A poltrona" (publicada unicamente em Zé Carioca # 1901, lançado em fevereiro de 1991 - mais no tópico de gibis) aproveitou para brincar com os planos econômicos do governo Collor que foram implementados no início dos anos 90. Quando a polícia baixou na casa dos Irmãos Metralha para procurar o dinheiro que eles tinham roubado de um banco, em vez de dizer que nenhum dinheiro foi encontrado, o policial da história traduzida falou "Bah! Nenhuma poupança congelada por aqui", satirizando o confisco do governo. Posteriormente, um dos Metralhas cita a inflação (esta segunda fala, mais comum, provavelmente está desta mesma maneira no idioma original da história):
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Economia
MensagemEnviado: 14 Jun 2018, 21:14 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Mensagens: 27494
Curtiu: 2456 vezes
Foi curtido: 1553 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Benefícios fiscais correspondem a quase ⅓ da arrecadação federal, diz TCU
O ministro do TCU (Tribunal de Contas da União), Vital do Rêgo, afirmou nesta 4ª feira (13.jun.2018) que os benefícios fiscais correspondem a mais de 30% das receitas da União. Os incentivos chegaram a R$ 354 bilhões em 2017.
“As despesas discricionárias teriam que ser reduzidas a zero até março de 2024, ou, no cenário mais otimista, até 2027, para que o teto de gastos seja cumprido”, disse em seu voto.
https://www.poder360.com.br/economia/be ... m-a-quase-⅓-da-arrecadacao-federal-diz-tcu/


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Economia
MensagemEnviado: 17 Jun 2018, 01:38 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Mensagens: 27494
Curtiu: 2456 vezes
Foi curtido: 1553 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Eleição representa maior risco para economia em 2018, diz economista da GO
https://www.poder360.com.br/economia/el ... sta-da-go/


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Economia
MensagemEnviado: 22 Jun 2018, 16:43 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Mensagens: 72028
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 4389 vezes
Foi curtido: 1074 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
https://veja.abril.com.br/revista-veja/jogo-de-perde-perde/

Não era bravata. Donald Trump decidiu levar adian­te suas ameaças de guerra comercial contra a China. Muitos acreditavam que a estratégia do americano era ficar no blá-blá-blá e assim conseguir concessões, na base da “chantagem”, como resumiu um ministro chinês. Pode haver um bom componente de blefe, mas o fato é que, em julho, deve entrar em vigor nos Estados Unidos uma sobretaxa de 25% sobre um total de 50 bilhões de dólares em produtos chineses vendidos no mercado americano. Trump encomendou ainda, na semana passada, estudos para impor uma sobretaxa de 10% a outros 200 bilhões de dólares em importações originárias do país asiático. Por fim, disse que, se a China não elevar suas importações de produtos americanos, as barreiras poderão ser expandidas para um total de 450 bilhões de dólares — o equivalente a 90% das mercadorias made in China vendidas nos Estados Unidos.

Nos bastidores, os asiáticos buscavam maneiras de evitar o confronto, mas foram apanhados de surpresa pelas novas ameaças de Trump. Não restará à China outra opção a não ser responder na mesma moeda — o que pode resultar numa escalada em que se conhece o início mas se desconhece o fim. Os alvos da retaliação deverão ser mercadorias de indústrias importantes nos estados onde se concentra a base eleitoral do presidente americano. Podem entrar na lista, por exemplo, máquinas e carros, além de produtos agropecuários, entre eles a soja. Nesse quesito, a guerra comercial poderá até trazer algum benefício para os produtores brasileiros. Os ganhos, porém, serão modestos, porque quase todos os contratos foram fechados meses atrás. “Se houver algum ganho, será no futuro”, afirma o economista Daniel Amaral, da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove). Ao mesmo tempo, a alta elevará o preço da ração usada na criação de frangos e suínos. “Os efeitos colaterais são ruins para a produção de carnes”, disse o ministro da Agricultura, Blairo Maggi. Trata-se de uma adversidade a mais para um setor que foi castigado pela paralisação dos caminhoneiros e pelo tabelamento dos fretes. Para piorar, existem consequências difíceis de ser antecipadas. Parte da soja americana poderá ser exportada para a Europa, por exemplo, retirando mercado da brasileira. O mesmo raciocínio vale para as carnes de frango e suínos. As indústrias nacionais que fazem negócios com a China e com os Estados Unidos também acompanham com apreensão os lances desse embate, porque temem perder vendas ou ter dificuldade para encomendar certos componentes — e tudo sem falar na instabilidade e na insegurança, que nunca trazem benefício a ninguém. Segundo o consultor Welber Barral, ex-secretário de Comércio Exterior e sócio da consultoria Barral M Jorge, trata-se de um receio compreensível, numa economia internacional integrada, na qual as mercadorias não são, na verdade, produzidas em um único país, mas sim a partir de componentes e peças fabricados em vários locais. No cômputo geral, portanto, poucos sairão ganhando se a guerra for adiante.

Consultorias estimam que fatalmente haverá desaceleração no ritmo de crescimento da economia global, como reflexo da redução nas transações comerciais entre as duas maiores potências do planeta. A tensão bateu nos mercados. As bolsas em todo o mundo reagiram negativamente depois de Trump revelar sua intenção de ampliar as barreiras contra a China. Os investidores, que até recentemente não acreditavam que a troca de farpas pudesse descambar para uma guerra, ficaram apreensivos com as possíveis consequências do confronto. Empresas dos dois lados do Pacífico serão penalizadas. Grandes grupos americanos, como a Boeing e a Caterpillar, estão entre os que mais perderam valor nos últimos dias, porque poderão ser alvo de retaliação.

Lobistas das multinacionais americanas tentam dissuadir o governo dos Estados Unidos porque temem as consequências, como a imposição de tarifas ou barreiras burocráticas para operar no país asiático. Um dos executivos mais preocupados é Tim Cook, presidente da Apple, a companhia mais valiosa do mundo. Embora Trump tenha afirmado que os iPhones (quase todos fabricados na China) não serão sobretaxados, Cook teme sofrer os efeitos de eventuais retaliações, como a dificul­dade de importar componentes necessários para produzir os celulares. Trump, até agora, permanece irredutível.

Observando apenas os números da balança comercial, os EUA têm um déficit enorme com a China, perto de 400 bilhões de dólares ao ano. É verdade também que muitos produtos à venda nas lojas americanas são estampados com o made in China. Para Trump, a maneira de fazer a América grande novamente seria combater as importações chinesas. No mundo real, as coisas não são tão simples. Um bom exemplo é o iPhone. Apesar de ser “feito na China”, ele é projetado na Califórnia e montado com peças originárias de diversos países. A maior parte dos lucros fica com a Apple, e os empregos com salários maiores estão nos Estados Unidos. Como afirmava Steve Jobs, seria inviável economicamente produzir o aparelho em fábricas americanas.

“O argumento de déficit na balança comercial não faz sentido quando posto sob a perspectiva de uma cadeia produtiva mundial”, diz Welber Barral. No entanto, Trump e seus assessores parecem dominados pela ideia antiquada de que o comércio é um jogo de soma zero, no qual, para que um ganhe, o outro deve perder. Estudos comprovam que o comércio internacional, quando feito de forma aberta e colaborativa, pode ser favorável a todos. Na teoria dos jogos, diz-se que é um jogo de ganha-ganha. Se os americanos consideram que a China nem sempre joga de maneira justa — como no caso do respeito à propriedade intelectual —, existem outros modos de equilibrar a disputa, sem erguer barreiras que ameacem a economia mundial e prejudiquem suas próprias empresas.

_________________
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Economia
MensagemEnviado: 03 Jul 2018, 21:18 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Mensagens: 27494
Curtiu: 2456 vezes
Foi curtido: 1553 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Parecer sobre Orçamento de 2019 proíbe criação de renúncias fiscais
Governo deverá rever os benefícios.
Criação de cargos foi proibida.
Suspensos reajustes de servidores.
https://www.poder360.com.br/economia/pa ... s-fiscais/


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 569 mensagens ]  Ir para página Anterior  1 ... 34, 35, 36, 37, 38  Próximo

Todos os horários são GMT - 3 horas


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido

Procurar por:
Ir para: