Copa América 2019

Brasil é campeão da Copa América pela nona vez na história

Tópicos fechados criados originalmente em O meu negócio é futebol!
Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88035
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5426 vezes
Curtiram: 1941 vezes

Re: Copa América 2019

Mensagem por E.R » 23 Jul 2017, 14:14

Editado pela última vez por E.R em 17 Out 2017, 03:40, em um total de 1 vez.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88035
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5426 vezes
Curtiram: 1941 vezes

Re: Copa América 2019

Mensagem por E.R » 27 Jul 2017, 13:22

Lance !

Imagem
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88035
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5426 vezes
Curtiram: 1941 vezes

Re: Copa América 2019

Mensagem por E.R » 07 Ago 2017, 02:31

Assim como a Copa América em 2019, Copa Ouro também terá 16 seleções - https://www.youtube.com/watch?v=v_VCXGEtjXA

É possível que depois de 2019 quando a Copa América será realizada no Brasil, as próximas edições (2023 em diante) sejam realizadas em alguns países da América do Norte, como Estados Unidos (de novo) e México.

A Concacaf e a Conmebol conversam sobre o assunto.

Lembrando que Estados Unidos e México podem sediar juntas a Copa do Mundo 2026.

Se Estados Unidos ou México ou os 2 países forem sede da Copa América em 2023, pelo rodízio da Conmebol, a Copa América 2027 poderá ser ou no Uruguai ou no Equador.

Existe na Concacaf o interesse até de sediar as duas edições (2023 e 2027), isso depende de um acordo financeiro entre Concacaf e Conmebol.

Em 2019, a Globo ainda tem os direitos de transmissão no Brasil.

A partir de 2023, a Conmebol deverá fazer nova licitação para a venda dos direitos da competição.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88035
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5426 vezes
Curtiram: 1941 vezes

Re: Copa América 2019

Mensagem por E.R » 09 Ago 2017, 04:22

Lance !

Imagem
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88035
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5426 vezes
Curtiram: 1941 vezes

Re: Copa América 2019

Mensagem por E.R » 26 Ago 2017, 21:29

http://blogs.lance.com.br/deprima/2017/ ... alendario/

Um trio de dirigentes da Conmebol – formado pelo secretário-geral José Manuel Astigarraga, o diretor de competições, Hugo Figueredo, e o diretor comercial, Marcos Senna – está no Brasil desde ontem para uma série de reuniões com a CBF.

Na pauta, o desenvolvimento da organização da Copa América 2019, que está atrasada por causa dos entraves contratuais encontrados pela gestão da entidade sul-americana.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88035
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5426 vezes
Curtiram: 1941 vezes

Re: Copa América 2019

Mensagem por E.R » 29 Ago 2017, 03:52

Lance !

Imagem
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
JoãoB
Membro
Membro
Mensagens: 1074
Registrado em: 12 Jul 2009, 20:30
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Botafogo
Curtiu: 53 vezes
Curtiram: 173 vezes

Re: Copa América 2019

Mensagem por JoãoB » 29 Ago 2017, 08:09

Países da Europa e da Ásia participando da Copa América transformaria esse torneio numa mini Copa do Mundo. Isso daria um atrativo a mais para a competição, gosto da ideia.

Os organizadores tem que botar a seleção para jogar no Maracanã. Foi um absurdo o que a FIFA fez na Copa, com aquela história do Brasil só jogar no Maracanã se chegasse à final. E olha que a FIFA fez 50 versões da tabela antes de decidir isso.

Tem que aproveitar muito essa Copa América porque depois dela vai demorar para o Brasil ser sede de algum grande evento esportivo de novo.
Esses usuários curtiram o post de JoãoB (total: 1):
E.R

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88035
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5426 vezes
Curtiram: 1941 vezes

Re: Copa América 2019

Mensagem por E.R » 11 Set 2017, 17:35

http://ecuadorinmediato.com/

O presidente da Federação Equatoriana de Futebol (FEF), Carlos Villacís, falou com a imprensa esportiva do país depois da derrota para o Peru, em Quito.

O dirigente jogou a toalha em relação as Eliminatórias e já pensa na Copa América 2019

"Temos que pensar na Copa América 2019 e nas Eliminatórias para a Copa 2022, no Qatar".
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88035
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5426 vezes
Curtiram: 1941 vezes

Re: Copa América 2019

Mensagem por E.R » 30 Set 2017, 18:29

http://blogs.lance.com.br/deprima/2017/ ... a-america/


Concluído o processo de licitação para definir a agência que cuidará da venda dos direitos das competições continentais de clubes entre 2019 e 2022, a Conmebol prometeu durante reunião do Conselho da entidade, ontem, que irá se debruçar de forma mais intensa em outro tema delicado : a resolução dos contratos de transmissão da Copa América, ainda em vigor com a Datisa, empresa afundada no escândalo de propina que estremeceu o futebol mundial. A expectativa é ter alguma posição em 15 dias.

A resolução desse problema está diretamente ligado aos rumos da Copa América 2019, no Brasil.

Havia a expectativa de aprovação do organograma do comitê organizador da competição, mas essa definição fica em compasso de espera. O presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, espera dar uma resposta aos dirigentes brasileiros por ocasião da partida entre Brasil e Chile, em São Paulo, na última rodada das Eliminatórias. Domínguez acompanhará o jogo in loco.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88035
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5426 vezes
Curtiram: 1941 vezes

Re: Copa América 2019

Mensagem por E.R » 07 Out 2017, 11:28

http://www.cearaagora.com.br/site/forta ... a-em-2019/

Fortaleza está na disputa – com Recife – para ser a sétima sede dos jogos da Copa América 2019.

Porém, de acordo com informações do blog Marcel Rizzo (UOL), a verba para a realização da competição deverá ser menor do que se imaginava, e isso, num primeiro momento, impactaria no número de cidades a receber partidas.

A ideia é que, se for preciso diminuir os custos modestamente, Fortaleza e Recife já sejam descartadas como possibilidades.

Com isso, a Copa América 2019 teria 6 cidades sede – São Paulo (com dois estádios : Allianz Parque e Arena Corinthians), Belo Horizonte (Mineirão), Rio de Janeiro (Maracanã), Porto Alegre, Salvador (Fonte Nova) e Brasília (Mané Garrincha).
--

Gostaria que a estreia do Brasil na Copa América 2019 fosse no Maracanã, até para reparar o erro que aconteceu na Copa 2014, em que a seleção não jogou no Rio.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88035
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5426 vezes
Curtiram: 1941 vezes

Re: Copa América 2019

Mensagem por E.R » 17 Out 2017, 03:38

Lance !

Imagem

--

Imagem
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88035
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5426 vezes
Curtiram: 1941 vezes

Re: Copa América 2019

Mensagem por E.R » 30 Out 2017, 08:14

http://esportes.estadao.com.br/noticias ... 0002056236

O contrato ainda existente entre a Conmebol e a empresa Datisa emperra as negociações para a realização da Copa América de 2019, no Brasil. A Datisa foi a empresa criada por três sociedades e acusada nos Estados Unidos de pagar mais de US$ 100 milhões em propinas para ficar com os direitos do torneio hemisférico entre 2013 e 2023. Ainda assim, ela exige que seu acordo para o evento no Brasil seja cumprido.

Entre os acusados de ter recebido dinheiro da Datisa estão Marco Polo Del Nero, presidente da CBF, e José Maria Marin. Ambos negam qualquer envolvimento. Mas os executivos da entidade já reconheceram os crimes nas cortes americanas e cooperam com a Justiça.

Para a Copa América de 2016, nos EUA, a Conmebol conseguiu suspender a presença da Datisa no evento e revendeu os direitos. A suspeita é de que rescisão, porém, teria envolvido um pagamento de US$ 40 milhões da Conmebol de volta para a empresa para que o entendimento fosse possível. Além disso, o rompimento era válido apenas para o torneio em território americano e, para 2019, a Datisa insiste que ainda quer fazer valer o compromisso assinado pela Conmebol.

Por dez anos, ela desembolsou US$ 352 milhões pelas diferentes edições da Copa América.

Agora, a Conmebol tenta encontrar um novo parceiro para bancar o torneio de 2019 e transmiti-lo, já que não quer manter o evento nas mãos da empresa denunciada nos EUA. Mas alguns de seus dirigentes já admitem que podem ter de pagar um certo valor para a própria Datisa para que o contrato não seja cumprido.

O problema, segundo dirigentes, é que a Datisa revendeu o direito para o evento em diversos países para emissoras locais. Uma das vendas teria ocorrido no Brasil. Essas empresas, agora, querem saber se seus contratos são válidos.

A Datisa é uma sociedade que reúne as empresas Traffic, TyC e Full Play, todas acusadas de corrupção nos EUA. Hoje, porém, as empresas não se falam e uma negociação envolve para o presidente da Conmebol, Alejandro Domingues, três diálogos paralelos.

Todos seus dirigentes - José Hawilla, Alejandro Burzaco, Hugo e Mariano Jinkis foram denunciados por lavagem de dinheiro, fraude e organização criminosa. Hawilla, por exemplo, não apenas admitiu ser culpado como passou a colaborar com a Justiça dos EUA, gravando conversas com dirigentes brasileiros.

Mas nem a prisão dos cartolas em 2015 deu um fim à crise. Em outubro de 2015, o então presidente da Conmebol, Juan Napout, anunciou o fim dos acordos da entidade com a Datisa.

Em dezembro, ele acabaria sendo preso na Suíça e extraditado para os EUA. Hoje, uma das suspeitas é de que ele teria, de forma fraudulenta, mantido o contrato da Copa América com a Datisa para os anos de 2019 e 2023.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88035
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5426 vezes
Curtiram: 1941 vezes

Re: Copa América 2019

Mensagem por E.R » 31 Out 2017, 08:20

http://blogs.lance.com.br/deprima/2017/ ... -definida/

A Copa América 2019, a ser realizada no Brasil, já tem data.

A Conmebol conseguiu reservar o espaço no calendário da Fifa e a competição será disputada entre 14 de junho e 7 de julho. Ou seja, a decisão será em um domingo.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88035
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5426 vezes
Curtiram: 1941 vezes

Re: Copa América 2019

Mensagem por E.R » 17 Nov 2017, 16:59

http://www.esporteemidia.com/2017/11/gl ... erica.html

:globo:

A Globo entende como válido um contrato de direitos da Copa América do Brasil-2019 apesar de suspeitas sobre como ele foi obtido após depoimentos relatando propinas na Justiça dos EUA. O depoimento do ex-executivo da Torneos Alejandro Burzado indicou que esse acordo foi obtido com subornos. A Conmebol rompeu a maior parte dos acordos desta época há cerca de uma semana alegando irregularidades.

Em seu depoimento, Burzaco explicou a renegociação do contrato da Copa América ocorrida durante a Copa da África do Sul, em 2010. Havia uma disputa sobre os futuros direitos da Copa América entre a Traffic e a Full Play relacionado às próximas edições.

Foi alinhavado um acordo entre dirigentes sul-americanos e executivos com previsão de pagamento de US$ 15 milhões em propinas para os cartolas. Mas, para ser válido, isso dependia do aval dos dois mais poderosos na Conmebol, Julio Grondona (da AFA) e Ricardo Teixeira (da CBF). O argentino pediu que seu colega apresentasse duas condições. Teixeira impôs duas condições, segundo Burzaco:

''Um, neste momento a primeira edição com contrato da Full Play seria em 2015, e que no contrato de 2011 que existia e a edição de 2011 que ocorreria um ano depois da África do Sul, continuaria a incluir o contrato Conmebol Traffic, isto é, que a Traffic iria finalizar a edição de 2011. E a segunda condição era conseguir apoio da Globo e conseguir para a Globo um contrato de longo prazo para o território brasileiro dos direitos da Copa América'', afirmou o Burzaco.

Em seguida, ele relata que fechou um acordo, de fato, em que foi incluído um contato para a Torneos, sua empresa para direitos da Argentina, e outro para a Globo. ''Em outras palavras, as condições de obter os direitos para a Torneos para a Argentina e Globo para o Brasil foram preenchidas e os pagamentos de propina então começaram'', completou Burzaco, em depoimento. Ou seja, segundo seu relato, o contrato da Globo para Copa América foi obtido em um contexto de negociação de propina, segundo seu relato.

Na semana passada, a Conmebol anunciou o rompimento dos contratos da Copa América com a Datisa, empresa que tinha como sócios Torneos, Full Play e Traffic, e participava do esquema. Sua intenção era fazer novamente a venda de todos os contratos de televisão. Mas, desde o primeiro semestre, a Globo apresentou um contrato próprio com a Conmebol pela Copa América que a entidade sequer tinha conhecimento. Não havia cópia na sede da confederação sul-americana.

Consultada, a Globo confirmou que tem um contrato em vigor em relação direta com a Conmebol. "Sim, temos um contrato em vigor com a Conmebol para a Copa América-2019. O contrato foi assinado direto com a Conmebol, que depois repassou os direitos e obrigações para a Datisa, mas manteve-se solidária no cumprimento das obrigações perante a Globo. Não chegamos a assinar contrato com a Datisa. O nosso contrato com a Conmebol está válido e não temos conhecimento de qualquer propina", afirmou Pedro Garcia, diretor de Direitos Esportivos da TV Globo, por meio da assessoria de imprensa.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 88035
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5426 vezes
Curtiram: 1941 vezes

Re: Copa América 2019

Mensagem por E.R » 24 Nov 2017, 22:47

http://www1.folha.uol.com.br/esporte/20 ... 2015.shtml

Depois do depoimento bombástico do empresário argentino Alejandro Burzaco, ex-homem forte da empresa de marketing esportivo Torneos y Competencias, Santiago Peña, responsável pelas finanças da Full Play, outra empresa argentina, depôs sobre valores que teriam sido pagos a presidentes das federações com assento na Conmebol.

De acordo com Santiago Peña, US$ 15,3 milhões em propina foram pagos relativos à edição de 2015 da Copa América – US$ 3 milhões ao presidente da Conmebol, US$ 3 milhões ao chefe do futebol argentino, US$ 3 milhões ao representante brasileiro na Conmebol, US$ 6 milhões a cartolas de seis países (o chamado Grupo dos Seis) e US$ 300 mil ao então secretário-geral do órgão.

Santiago Peña não deu detalhes sobre qual cartola brasileiro teria recebido propina – na época, Marco Polo Del Nero, atual presidente da CBF, ocupava o assento do Brasil na Conmebol, mas José Maria Marin, que agora está sendo julgado em Nova York, atuava como o chefe do futebol brasileiro.

"Os pagamentos eram relacionados a conseguir influência e lealdade dos presidentes", afirmou Santiago Peña. "Eram pagamentos secretos, registrados numa planilha de Excel gravada num pen drive. Tudo isso ficava registrado como 'cuentas' e 'pagos'."

Essa planilha foi mostrada aos jurados na Corte de Justiça do Brooklyn em detalhe.

Nela, cada cartola era identificado com suas iniciais.

O termo "Globo" aparece associado a um pagamento de US$ 5 milhões. Santiago Peña, no entanto, não entrou em detalhes sobre a natureza da transação, não especificou se o termo estaria relacionado à TV Globo e nem se o valor seria propina.

Alejandro Burzaco, outra testemunha da acusação, havia mencionado a TV Globo em seu depoimento, dizendo ter negociado pagamento de propinas com Marcelo Campos Pinto, então executivo da emissora.

Um dos contratos firmados entre a Full Play e a federação que comanda o futebol paraguaio, então sob a direção de Napout, teve como intermediária uma empresa chamada Ciffart, que a procuradoria americana apontou como "Traffic ao contrário", sugerindo uma relação com a empresa de marketing esportivo do brasileiro José Hawilla.

O depoimento de Peña corrobora o que foi dito por Burzaco, testemunha da acusação ouvida na semana passada. A Full Play, empresa para a qual Peña trabalhava, formava parte da Datisa ao lado da brasileira Traffic e da argentina Torneos y Competencias.

Essa joint venture, segundo as testemunhas, era a responsável pelos pagamentos relativos a propina atrelada à transmissão das edições de 2015, 2019 e 2023 da Copa América, além de uma edição especial do torneio, em 2016, nos Estados Unidos.
Imagem
Imagem

Trancado