Trocar para a skin padrão
Tópicos fechados criados originalmente em O meu negócio é futebol!
Tópico trancado

Re: Mundial de Atletismo 2009 - Berlim, Alemanha

25 Ago 2009, 15:24

Se Bolt entrar para os 400m, ele vai pra ganhar, mas daí provavelmente desistiria dos 100m, o que é uma pena...
Caso ele corra em Londres para os 100m, 200m, 400m e os revazamentos 4x100 e 4x400 e ganhe o ouro em 4 deles, aí não precisa de mais nada, será com sobras o maior de todos os tempos - se é que já não ocupa essa posição :B):

Re: Mundial de Atletismo 2009 - Berlim, Alemanha

28 Ago 2009, 17:07

NOTÍCIAS
Após vexame em Berlim, Isinbayeva quebra recorde mundial em Zurique

A russa Yelena Isinbayeva provou que está recuperada do vexame ocorrido no Mundial de Berlim. Nesta sexta-feira, na Liga de Ouro de Zurique (Suíça), a saltadora deu a volta por cima e quebrou o recorde mundial do salto com vara com a marca de 5,06 m.

Desta forma, a russa supera em um centímetro a marca anterior que pertencia a ela mesma, e 'enterra' todas as suspeitas de uma queda de rendimento que cresceram após o último lugar obtido no Mundial de Berlim neste mês.

A polonesa Anna Rogowska, atual campeã mundial, ficou com a segunda colocação com uma marca trinta centímetros abaixo da de Isinbayeva (4,76). A brasileira Fabiana Murer ficou em terceiro, com 4,71 m.

A saltadora russa decidiu aumentar o sarrafo em 25 centímetros - de 4,81 para 5,06 - e não decepcionou. Na comemoração, Isinbayeva ficou tão eufórica que saiu para comemorar com a plateia.

Isinbayeva, de quebra, continua na disputa pelo prêmio de US$ 1 milhão distribuído ao vencedor de todas as seis etapas da Liga de Ouro. A última etapa será disputada em Bruxelas (Bélgica), no dia 4 de setembro.

Os números de Yelena Isinbayeva impressionam. Se forem contadas as quebras de recorde indoor e outdoor, foi a 27ª vez que a russa superou a sua marca (14 indoor e 13 outdoor).

"Agora entendo porque ocorreu a derrota de Berlim, porque tenho esse resultado fantástico", disse a russa. "É como um sonho, é difícil de crer", complementou.


Que ótima notícia, depois da decepção em Berlim um recorde mundial para retomar o ânimo visando as próximas competições importantes, dentre as quais os Jogos Olímpicos de Londres em 2012.
Fabiana ficou em terceiro lugar com 4,71cm, e olha como são as coisas, com esse salto de hoje, ela teria ficado com a prata em Pequim.
Tópico trancado
Anterior