Fórum Portal Vídeos Guia de Episódios Sobre



Todos os horários são GMT - 3 horas


Portal Chespirito



Fórum trancado Este tópico está trancado. Você não pode responder ou editar mensagens.  [ 46 mensagens ]  Ir para página Anterior  1, 2, 3, 4  Próximo
  Exibir página para impressão

Você concorda com a reinserção de presos do regime semiaberto ao mercado de trabalho?
Sim 33%  33%  [ 5 ]
Não 7%  7%  [ 1 ]
Sim, mas sem redução da pena 7%  7%  [ 1 ]
Sim, dentro do presídio, plantando para comer 53%  53%  [ 8 ]
Total de votos : 15

Re: Reinserção de presos ao mercado de trabalho
Autor Mensagem
MensagemEnviado: 08 Fev 2013, 08:33 
Offline
Avatar do usuário
Administrador

Registrado em: 28 Jan 2009, 13:29
Mensagens: 40162
Localização: São Carlos (SP)
Curtiu: 2004 vezes
Foi curtido: 3965 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: São Paulo
ninguém tem paciência comigo. escreveu:
Você fala isto por que não teve nenhum problema em relação a este tema. Imagine sua mãe ou seu pai sendo mortos por bandidos, vai me dizer que você ia pedir respeito da sociedade para os assassinos dos seus pais? :panc:

E se os seus pais fossem os assassinos? Ia querer que fossem linxados, que comessem o pão que o diabo amassou?

Tem que se botar nos dois lados da moeda...

Chavo escreveu:
pena não é vingança. Ela também visa ressocializar os condenados, procurando reensinar valores que devem ser cultivados no seio social, como o trabalho e o estudo, para que tenham a oportunidade de provar serem dignos de conviver em sociedade.

Ah Rafa, por favor... você acredita mesmo nisso? Acha que uma temporada na cadeia reensina valores? Que ressocializa alguém?

Seria ótimo se fosse assim. Mas não é. São grandes as chances do sujeito sair de lá muito pior do que entrou.

Chavo escreveu:
Enfim, como vocês podem ver, o buraco é bem mais fundo do que parece.

Aí eu concordo totalmente.

Sou a favor de condições dignas para os detentos, programas de reinserção no mercado de trabalho, etc. Até já me posicionei quanto às péssimas condições das cadeias e presídios em outro tópico, mencionando essa matéria: http://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/ ... raiba.html. Acham mesmo que um espaço desses pode recuperar alguém?

Mas, como já disse, tem casos que fica difícil acreditar em recuperação, por melhores que sejam as condições... falo de casos como esse: viewtopic.php?p=382890#p382890


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Reinserção de presos ao mercado de trabalho
MensagemEnviado: 08 Fev 2013, 09:13 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 07 Out 2010, 21:59
Mensagens: 2671
Localização: Guarulhos - SP
Curtiu: 30 vezes
Foi curtido: 80 vezes
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Corinthians
Barbano escreveu:
E se os seus pais fossem os assassinos? Ia querer que fossem linxados, que comessem o pão que o diabo amassou?

Tem que se botar nos dois lados da moeda...



Se meus pais fossem assassinos teria nojo de ser filho deles...

_________________
Desde 2006 no meio CH

Give a peace chance

Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Reinserção de presos ao mercado de trabalho
MensagemEnviado: 08 Fev 2013, 14:23 
Offline
Avatar do usuário
Banido

Registrado em: 28 Nov 2009, 17:42
Mensagens: 470
Localização: Rio de Janeiro - RJ
Curtiu: 0 vez
Foi curtido: 0 vez
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Caro Barney Stinson, vamos lá. Preferi não dar quote pois o post ficaria muito grande.

O chapéu de prepotente e ignorante caiu em mim porque fui chamado disso indiretamente. No seu caso, você disse que quem "classifica presidiário como lixo e escória da sociedade" é prepotente, e eu faço parte desse grupo, com algumas restrições. Também faço parte do grupo daqueles que RESPEITAM a lei, mas que não a consideram uma verdade absoluta. Discordo dela em muitos pontos, e não, não sou obrigado a ficar calado diante disso. Ouso contestá-la.

A Glória Perez teve sua filha brutalmente assassinada. Na época, o homicídio qualificado ainda não era considerado crime hediondo. Ao invés de chorar a morte da filha enquanto simplesmente aceitava os absurdos da lei, como você sugeriu que todos devemos fazer, sabe o que ela fez? Peitou-a, confrontou-a, e adivinhe, conseguiu mudá-la!, fazendo com que o homicídio qualificado passasse a ser considerado crime hediondo. É claro que no caminho ela encontrou pessoas como você (Os advogados dela, que tentaram desencorajá-la), que eu sinceramente não sei se concordam com os absurdos da lei ou simplesmente preferem se acomodar diante deles. Mas ela foi em frente e provou que a lei pode sim ser questionada, quiçá mudada. Espero um dia ter a mesma influência da Glória Perez para poder fazer minha parte na mudança do código penal brasileiro, que é um verdadeiro incentivo à criminalidade.

De fato, todos são iguais perante a lei. Mas isso não quer dizer que um ladrão de galinhas está no mesmo nível de perversidade que um serial killer. Quem sou eu para julgá-los? Uma pessoa com um mínimo de sentimentos, que se solidariza com as vítimas e se revolta com certos criminosos. Existem tipos e tipos de criminosos, dos mais leves ao mais vis, e isso inclusive nos leva a outro absurdo da lei, o de misturar o cara que furtou uma manteiga da padaria com o que assaltou um banco. Isso é uma verdadeira escola de bandidagem.

Quanto a parte da doença, eu realmente não entendi. Oi? Comparar doença com bandidagem, comparar pessoas antissociais com bandidos? Ninguém é doente porque quer, mas o mesmo não pode se dizer dos marginais. Aquele argumento de que "fulano fez isso ou aquilo porque é doente da cabeça" só é válido caso um neurologista realmente comprove isso.,

Você também me acusou de não ter o conhecimento básico para falar do assunto e não entendeu o que eu quis dizer com "somos reféns do nosso código penal". De fato, quem fez uma faculdade de direito pode falar sobre o assunto como ninguém, mas não são os únicos capacitados para tal. Eu não sei se um dia chegarei a fazer essa faculdade, por mais que me interesse pelo assunto, já que fazer justiça no Brasil deve ser algo broxante. Entretanto, modéstia parte me considero uma pessoa esclarecida, leio muito, procuro me informar o máximo possível sobre assuntos relacionados à justiça. Portanto, mesmo sem o respaldo de uma faculdade, acredito estar capacitado a discutir sobre o tema à altura, sem deixar a desejar. Não concordar com meu ponto de vista já é outra coisa.

Com a frase "somos reféns do nosso código penal", quis dizer que se nosso país punisse exemplarmente, o preso, por mais revoltado que estivesse por ter recebido um castigo equivalente as atrocidades que cometeu, não se atreveria a cometer novos crimes, pois saberia que voltaria a viver por um bom tempo nas condições sub humanas dos presídios. Mas como já disse, nosso código penal é um verdadeiro incentivo à criminalidade. Como sabe que não será punido da maneira como deveria ser, o cara desconta toda sua ira na sociedade e volta pra cadeia, e o ciclo se repete troucentas vezes, enquanto milhares de pessoas são vítimas da violência urbana. Entendeu agora?

E minha nossa, você é advogado, professor músico, fotógrafo, psicólogo e psiquiatra! Praticamente uma Tekpix humana! Rapaz, onde você esteve escondido esse tempo todo? A humanidade estava sendo privada de conhecer um verdadeiro gênio! Olha, eu agradeço de coração os seus conselhos clínicos, mas receio que você esteja um pouco equivocado.

De fato, adoraria passar uma tarde inteira visitando presídios, mas só com presos casca grossas (assassinos,estupradores,pedófilos, etc) só para ter o prazer de rolar no chão de rir diante das condições em que eles vivem. Não entendo de psiquiatria como você, mas não acredito que isso caracterize um distúrbio psicológico como você insinuou. O ~ sofrimento~ deles não é NADA perto da dor que eles causaram em suas vítimas, perto dos danos irreparáveis que causaram em seus familiares. Eu acho é POUCO. Minha gargalhada seria de satisfação, por ver que ao menos temporariamente a justiça está sendo feito e eles estão pagando caríssimo pelo que fizeram. Queria luxo? Queria condições dignas de viver? Então que fosse ser humano digno, trabalhador, que batalhasse honestamente para ter uma vida confortável, sem matar nem roubar ninguém. Quis ir pelo caminho da bandidagem, deixando danos irreparáveis na vida de milhares de pessoas? Então agora aguenta firme, porque repito, isso não é absolutamente NADA perto do que eles causaram na vida da vítima e de seus familiares. Muito em breve eles estarão livres para destruir a vida de outros milhares de brasileiros.

E se me permite, também vou atacar de psicólogo um pouquinho. Pela indiferença que você deixou transparecer em relação a crimes hediondos, identifiquei em você um verdadeiro assassino em potencial. Uma pessoa que se refere a crimes bárbaros com tamanha casualidade (Errar todo mundo erra. E quem nunca errou, atira um vade mecum na minha cabeça) dá a impressão de estar sendo conivente e condescendente com eles.


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Reinserção de presos ao mercado de trabalho
MensagemEnviado: 08 Fev 2013, 16:13 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 28 Jan 2012, 15:11
Mensagens: 591
Localização: Várzea Paulista-São Paulo
Curtiu: 3 vezes
Foi curtido: 3 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Corinthians
NOTÍCIAS
Egressos terão oportunidades de emprego nas obras do Rodoanel – Trecho norte
Clique para ver mais fotos

O trecho Norte terá 44 km de extensão e interligará os trechos Oeste e Leste
No último dia 18, aconteceu no Palácio dos Bandeirantes em São Paulo, cerimônia de assinaturas, onde o Governador do Estado de São Paulo autoriza as Secretarias da Administração Penitenciária, da Justiça e Defesa da Cidadania e de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia firmarem parcerias com o Dersa para a geração de emprego e inclusão em programas sociais.

Assim, o público atendido pela Coordenadoria de Reintegração Social e Cidadania, órgão da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária, passa a ter mais uma oportunidade de ingressar no mercado de trabalho. A previsão é de que os egressos e também seus familiares tenham 600 vagas de emprego disponíveis.

Além das oportunidades de trabalho, o termo de cooperação prevê que famílias moradoras na região do empreendimento tenham fácil acesso aos programas sociais oferecidos pelo Estado. Os egressos serão contratados em regime de CLT e terão os mesmos direitos e deveres dos demais operários.

Outro fator importante na parceria é que nos canteiros de obras haverá cursos de qualificação para os trabalhadores, por meio do Programa Via Rápida Emprego, onde estes poderão aprimorar suas habilidades e conhecimentos.

Estiveram presentes à cerimônia, o Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin; o Secretário da Administração Penitenciária, Lourival Gomes; o Secretario de Logística e Transportes, Saulo de Castro Abreu Filho; Eloisa de Souza Arruda, Secretária da Justiça e Defesa da Cidadania; Luiz Carlos Quadrelli, Secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia e o Presidente do Dersa Laurence Casagrande Lourenço, além de diversas autoridades, entre elas o Coordenador de Reintegração Social e Cidadania, Mauro Rogério Bitencourt.

Durante seu discurso, Alckmin destacou que "Vamos qualificar as pessoas para um emprego que existe, que tem muita demanda, mas que tem carência de mão-de-obra e, que é a construção civil."

O Secretário da Administração Penitenciária falou a imprensa que cobria o evento que “os egressos encaixados no mercado dificilmente voltam para o crime.” Segundo Bitencourt, Coordenador de Reintegração Social da SAP, “Este convênio é mais uma importante vitória do Pró-Egresso, que vem desde 2010, quando foi criado, costurando parceiras entre as Secretarias de Estado e a Iniciativa privada para que o Egresso volte à sociedade com dignidade, se qualificando e gerando renda para sua família, coisas que o tornam cidadão de fato.”

Os egressos já estão sendo selecionados pela SAP, através do Departamento de Atenção ao Egresso e Família (que integra a CRSC), para que quando as vagas forem disponibilizadas eles sejam prontamente encaminhados.

Rodoanel Norte

O trecho Norte, último a ser concluído para o fechamento do anel viário, terá 44 km de extensão e interligará os trechos Oeste e Leste. O empreendimento já obteve licença ambiental prévia, minimizará impactos sobre remanescentes preservados da Mata Atlântica e também reduzirá intervenções em áreas de urbanização consolidada. Estima-se que circularão diariamente neste trecho, 65 mil veículos, sendo 30 mil deles caminhões (60% destes normalmente utilizam a marginal Tietê).

A construção do Trecho Norte do Rodoanel começará no início de janeiro e prevê tempo de execução de três meses.


http://www.sap.sp.gov.br/

_________________
"Há uma teoria que indica que sempre que qualquer um descobrir exatamente o que, para que e porque o universo está aqui, o mesmo desaparecerá e será substituído imediatamente por algo ainda mais bizarro e inexplicável... Há uma outra teoria que indica que isto já aconteceu."

"A Enciclopédia Galáctica define o amor como algo incrivelmente complicado de se explicar.
Já o Guia do Mochileiro das Galáxias define amor como: geralmente doloroso, se puder, evite-o. Mas para o azar dos terráqueos, eles nunca leram o Guia do Mochileiro das Galáxias."

O Guia do Mochileiro das Galáxias
Douglas Adams


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Reinserção de presos ao mercado de trabalho
MensagemEnviado: 08 Fev 2013, 16:21 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 07 Out 2010, 21:59
Mensagens: 2671
Localização: Guarulhos - SP
Curtiu: 30 vezes
Foi curtido: 80 vezes
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Corinthians
ElChanfle2 escreveu:
Caro Barney Stinson, vamos lá. Preferi não dar quote pois o post ficaria muito grande.

O chapéu de prepotente e ignorante caiu em mim porque fui chamado disso indiretamente. No seu caso, você disse que quem "classifica presidiário como lixo e escória da sociedade" é prepotente, e eu faço parte desse grupo, com algumas restrições. Também faço parte do grupo daqueles que RESPEITAM a lei, mas que não a consideram uma verdade absoluta. Discordo dela em muitos pontos, e não, não sou obrigado a ficar calado diante disso. Ouso contestá-la.

A Glória Perez teve sua filha brutalmente assassinada. Na época, o homicídio qualificado ainda não era considerado crime hediondo. Ao invés de chorar a morte da filha enquanto simplesmente aceitava os absurdos da lei, como você sugeriu que todos devemos fazer, sabe o que ela fez? Peitou-a, confrontou-a, e adivinhe, conseguiu mudá-la!, fazendo com que o homicídio qualificado passasse a ser considerado crime hediondo. É claro que no caminho ela encontrou pessoas como você (Os advogados dela, que tentaram desencorajá-la), que eu sinceramente não sei se concordam com os absurdos da lei ou simplesmente preferem se acomodar diante deles. Mas ela foi em frente e provou que a lei pode sim ser questionada, quiçá mudada. Espero um dia ter a mesma influência da Glória Perez para poder fazer minha parte na mudança do código penal brasileiro, que é um verdadeiro incentivo à criminalidade.

De fato, todos são iguais perante a lei. Mas isso não quer dizer que um ladrão de galinhas está no mesmo nível de perversidade que um serial killer. Quem sou eu para julgá-los? Uma pessoa com um mínimo de sentimentos, que se solidariza com as vítimas e se revolta com certos criminosos. Existem tipos e tipos de criminosos, dos mais leves ao mais vis, e isso inclusive nos leva a outro absurdo da lei, o de misturar o cara que furtou uma manteiga da padaria com o que assaltou um banco. Isso é uma verdadeira escola de bandidagem.

Quanto a parte da doença, eu realmente não entendi. Oi? Comparar doença com bandidagem, comparar pessoas antissociais com bandidos? Ninguém é doente porque quer, mas o mesmo não pode se dizer dos marginais. Aquele argumento de que "fulano fez isso ou aquilo porque é doente da cabeça" só é válido caso um neurologista realmente comprove isso.,

Você também me acusou de não ter o conhecimento básico para falar do assunto e não entendeu o que eu quis dizer com "somos reféns do nosso código penal". De fato, quem fez uma faculdade de direito pode falar sobre o assunto como ninguém, mas não são os únicos capacitados para tal. Eu não sei se um dia chegarei a fazer essa faculdade, por mais que me interesse pelo assunto, já que fazer justiça no Brasil deve ser algo broxante. Entretanto, modéstia parte me considero uma pessoa esclarecida, leio muito, procuro me informar o máximo possível sobre assuntos relacionados à justiça. Portanto, mesmo sem o respaldo de uma faculdade, acredito estar capacitado a discutir sobre o tema à altura, sem deixar a desejar. Não concordar com meu ponto de vista já é outra coisa.

Com a frase "somos reféns do nosso código penal", quis dizer que se nosso país punisse exemplarmente, o preso, por mais revoltado que estivesse por ter recebido um castigo equivalente as atrocidades que cometeu, não se atreveria a cometer novos crimes, pois saberia que voltaria a viver por um bom tempo nas condições sub humanas dos presídios. Mas como já disse, nosso código penal é um verdadeiro incentivo à criminalidade. Como sabe que não será punido da maneira como deveria ser, o cara desconta toda sua ira na sociedade e volta pra cadeia, e o ciclo se repete troucentas vezes, enquanto milhares de pessoas são vítimas da violência urbana. Entendeu agora?

E minha nossa, você é advogado, professor músico, fotógrafo, psicólogo e psiquiatra! Praticamente uma Tekpix humana! Rapaz, onde você esteve escondido esse tempo todo? A humanidade estava sendo privada de conhecer um verdadeiro gênio! Olha, eu agradeço de coração os seus conselhos clínicos, mas receio que você esteja um pouco equivocado.

De fato, adoraria passar uma tarde inteira visitando presídios, mas só com presos casca grossas (assassinos,estupradores,pedófilos, etc) só para ter o prazer de rolar no chão de rir diante das condições em que eles vivem. Não entendo de psiquiatria como você, mas não acredito que isso caracterize um distúrbio psicológico como você insinuou. O ~ sofrimento~ deles não é NADA perto da dor que eles causaram em suas vítimas, perto dos danos irreparáveis que causaram em seus familiares. Eu acho é POUCO. Minha gargalhada seria de satisfação, por ver que ao menos temporariamente a justiça está sendo feito e eles estão pagando caríssimo pelo que fizeram. Queria luxo? Queria condições dignas de viver? Então que fosse ser humano digno, trabalhador, que batalhasse honestamente para ter uma vida confortável, sem matar nem roubar ninguém. Quis ir pelo caminho da bandidagem, deixando danos irreparáveis na vida de milhares de pessoas? Então agora aguenta firme, porque repito, isso não é absolutamente NADA perto do que eles causaram na vida da vítima e de seus familiares. Muito em breve eles estarão livres para destruir a vida de outros milhares de brasileiros.

E se me permite, também vou atacar de psicólogo um pouquinho. Pela indiferença que você deixou transparecer em relação a crimes hediondos, identifiquei em você um verdadeiro assassino em potencial. Uma pessoa que se refere a crimes bárbaros com tamanha casualidade (Errar todo mundo erra. E quem nunca errou, atira um vade mecum na minha cabeça) dá a impressão de estar sendo conivente e condescendente com eles.


Sim Mundo, enquanto houver pessoas com essa postura, voce terá esperança!!

Chanfle post fodástico :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia:

_________________
Desde 2006 no meio CH

Give a peace chance

Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Reinserção de presos ao mercado de trabalho
MensagemEnviado: 08 Fev 2013, 16:54 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 13 Dez 2011, 21:12
Mensagens: 6225
Curtiu: 480 vezes
Foi curtido: 320 vezes
Programa CH: Chaves
Ao analisar superficialmente, eu diria que os presos merecem ser reintegrados ao mercado de trabalho e à sociedade como um todo. Para começar, vamos supor que o cara fez um homícidio cumpriu totalmente sua pena.

Antes de sair da cadeia, este detento deveria passar por uma série de testes psicotécnicos para averiguar a periculosidade atual dele nas ruas. Após isso, o detento ficaria em um “laboratório” por uma semana, em um negócio da própria cadeia (ex: cantina), porém como se estivesse livre. Se o cara passasse por todos estes testes, aí sim estaria livre.

Quando o empregador contratar o ex-detento, ele deveria fazer um teste psicológico para averiguar os pensamentos do cara.

Ou também, a própria Polícia poderia ter convênio com empresas para a reinserção dos presos no mercado de trabalho. Eles ficariam sob vigilância, pois basta algo errado e o cara volta à cadeia.

O problema também é o sistema carcerário brasileiro. Ao invés de ocuparem a cabeça com trabalho ou leitura, muitas cadeias deixam quinze caras em uma cela apertada. Como o cara vai tentar se recuperar se a realidade dele é horrível?

_________________
Ex-moderador do Bar do Chespirito


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Reinserção de presos ao mercado de trabalho
MensagemEnviado: 08 Fev 2013, 18:38 
Offline
Avatar do usuário
Administrador

Registrado em: 28 Jan 2009, 13:29
Mensagens: 40162
Localização: São Carlos (SP)
Curtiu: 2004 vezes
Foi curtido: 3965 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: São Paulo
Exatamente.

E, convenhamos, a criminalidade manda dentro dos presídios. As grandes facções criminosas estão lá. É difícil alguém sair de lá recuperado, e muito mais provável que a pessoa saia pior que entrou.

Agora, pensando por outro lado: você se sentiria confortável de trabalhar ao lado de alguém que tem no currículo homicídios e outros crimes?


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Reinserção de presos ao mercado de trabalho
MensagemEnviado: 08 Fev 2013, 20:07 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 03 Fev 2009, 00:35
Mensagens: 8406
Localização: Araraquara - SP
Curtiu: 153 vezes
Foi curtido: 159 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Corinthians
Barbano escreveu:
Chavo escreveu:
pena não é vingança. Ela também visa ressocializar os condenados, procurando reensinar valores que devem ser cultivados no seio social, como o trabalho e o estudo, para que tenham a oportunidade de provar serem dignos de conviver em sociedade.

Ah Rafa, por favor... você acredita mesmo nisso? Acha que uma temporada na cadeia reensina valores? Que ressocializa alguém?

Seria ótimo se fosse assim. Mas não é. São grandes as chances do sujeito sair de lá muito pior do que entrou.


Instiguei pra ver se alguém tocaria justamente nesse ponto e consegui. :D

Então, né... Em tese, a finalidade ressocializadora da pena consiste no reensinamento de valores sociais. Mas, como eu disse, o buraco é muito mais fundo do que aparenta. Os presos não têm dignidade no País. A dignidade humana garantida pela Lei Máxima do Brasil (a Constituição Federal) não sai do texto dela. É só visitar qualquer penitenciária que você dá de cara com situações enojantes, com 100 ou até mais pessoas presas dentro de uma mesma cela, jogadas ao léu. Isso, de fato, não recupera de jeito nenhum e piora a criminalidade, transformando as penitenciárias em legítimas escolas de crimes.

Enfim, a realidade é mesmo a que você descreveu, mas não dá pra generalizar né... Embora sejam minoria, existem casos de recuperação de detentos, sendo mais comuns nos regimes semi-aberto e aberto e em presídios de mulheres, ainda mais quando vem um herdeiro pois a criança costuma amolecer o coração das mães detentas. Mas claro, também não dá pra generalizar nesses casos rs.

Poncherello escreveu:
Chanfle post fodástico :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia: :reverencia:


Você foi irônico, não? :estrelas:

_________________
Minha trajetória no meio CH:

- Moderador Global do Fórum Chaves de novembro de 2012 a maio de 2013 / de maio de 2014 a novembro de 2014
- Moderador do Fórum Chaves de julho de 2011 a novembro de 2012 / de novembro de 2013 a maio de 2014
- Organizador do Sistema de Avaliação e Rankeamento de Episódios CH em 2011 e 2013
- Organizador do Balão do Usuário 2011 (1° semestre)
- Tetracampeão do Balão do Usuário 2010 (rodadas 11, 12, 13 e 14)
- Tetracampeão do Usuário do Mês (dezembro de 2010, janeiro e março de 2011 e maio de 2013)
- Integrante do meio CH desde 2005


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Reinserção de presos ao mercado de trabalho
MensagemEnviado: 08 Fev 2013, 20:23 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 27 Dez 2012, 23:14
Mensagens: 905
Localização: New York, NY
Curtiu: 41 vezes
Foi curtido: 40 vezes
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Grêmio
ElChanfle2 nem li seu post, meu ponto de vista é aquele já postado reiteradamente e não tenho tempo pra ficar "discutindo" contigo. Passar bem.

_________________
Fui embora morar com budistas, beijos!


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Reinserção de presos ao mercado de trabalho
MensagemEnviado: 08 Fev 2013, 20:27 
Offline
Avatar do usuário
Banido

Registrado em: 28 Nov 2009, 17:42
Mensagens: 470
Localização: Rio de Janeiro - RJ
Curtiu: 0 vez
Foi curtido: 0 vez
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Falta de argumentos é foda.


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Reinserção de presos ao mercado de trabalho
MensagemEnviado: 08 Fev 2013, 20:34 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 27 Dez 2012, 23:14
Mensagens: 905
Localização: New York, NY
Curtiu: 41 vezes
Foi curtido: 40 vezes
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Grêmio
ElChanfle2 escreveu:
Falta de argumentos é foda.

Tu não entendeu ainda que o meu ponto de vista é o já exposto reiteradamente e os argumentos são os mesmos? Isso é falta de argumento? Se tu quer ficar batendo na mesma tecla, fica à vontade, mas o que eu tinha pra opinar eu já opiniei :linguinha:

_________________
Fui embora morar com budistas, beijos!


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Reinserção de presos ao mercado de trabalho
MensagemEnviado: 08 Fev 2013, 20:37 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 16 Abr 2012, 20:52
Mensagens: 2891
Localização: Natal-RN
Curtiu: 50 vezes
Foi curtido: 95 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Poncherello escreveu:
Barbano escreveu:
E se os seus pais fossem os assassinos? Ia querer que fossem linxados, que comessem o pão que o diabo amassou?

Tem que se botar nos dois lados da moeda...



Se meus pais fossem assassinos teria nojo de ser filho deles...


Penso do mesmo jeito. :lingua:

e você? o que ia fazer?

_________________
Hexa Campeão do Balão Do Usuário Esportivo :campeao: #9 #10 #11 #12 #13 #14
Vice-Campeão da A FAZENDA DO FÓRUM CHAVES #3 :vice:
Ex-Webmaster da extinta "Casa do Chaves e Chapolin"
Ex-Redator do Vizinhança do Chaves


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Reinserção de presos ao mercado de trabalho
MensagemEnviado: 08 Fev 2013, 21:04 
Offline
Avatar do usuário
Banido

Registrado em: 28 Nov 2009, 17:42
Mensagens: 470
Localização: Rio de Janeiro - RJ
Curtiu: 0 vez
Foi curtido: 0 vez
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Eu apenas respondi seu post. Da mesma maneira que você deixou seu ponto de vista claro, também gostaria de deixar o meu. Ou será que não tinha esse direito? Você não é o dono da verdade não, amigo. Pode até pensar isso, mas não é mesmo. Fala, fala, fala, o que deve e o que não deve, e depois simplesmente dá a conversa como encerrada. Sinceramente, esses lunáticos me fazem rir. Não me despertam raiva,e sim pena.

Mas agora já chega. Detesto perder meu tempo discutindo com gente arrogante e prepotente, algo que têm aos montes nesse tópico. Essa cota já está mais do que preenchida por hoje.


Editado pela última vez por ElChanfle2 em 10 Fev 2013, 23:42, em um total de 1 vez.

Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Reinserção de presos ao mercado de trabalho
MensagemEnviado: 08 Fev 2013, 21:07 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 14 Dez 2012, 10:50
Mensagens: 1420
Curtiu: 0 vez
Foi curtido: 4 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: São Paulo
Então, acho que desde o presídio já deveria fazer com que os presidiários trabalhassem, em condições melhores, seriam de maior serventia do que apenas retirarem esses criminosos da sociedade, onde ficam em condições desumanas, e saem piores do que entraram. Talvez se as penitenciárias servissem de para ressocializar, seria mais fácil a reinserção desses presos no mercado de trabalho, apesar de muitos não terem mais recuperação.


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Re: Reinserção de presos ao mercado de trabalho
MensagemEnviado: 08 Fev 2013, 22:24 
Offline
Avatar do usuário
Membro

Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Mensagens: 32082
Curtiu: 3516 vezes
Foi curtido: 2806 vezes
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Sou a favor. E com redução da pena. Esse negócio de "dentro do presídio, plantando pra comer" me remete aos Irmãos Metralhas quebrando pedras com pesos nos pés. Não precisa necessariamente ser assim. Como meu amigo Chavo disse, deve haver uma forma para que os presos se ressocializem, arrependam-se de seus crimes e saiam da cadeia melhores, e não piores do que entraram. Por isso, eles devem ter boas condições no presídio. Mente vazia só faz mal. Trabalhar, ter esperança de que podem ter a pena reduzida, etc., fará bem à eles, e assim, o "lado criminoso" dessas pessoas que também são seres humanos diminuirá.

Barney, faço faculdade de Ciências Sociais e entendi perfeitamente seu primeiro post. Concordo com o que disse nele.

_________________
No site do ECAD, encontrei um indício de que o SBT produzia aberturas próprias para as séries CH em 1986. Confira também outras descobertas e especulações no tópico da BGM do Chapolin.


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Fórum trancado Este tópico está trancado. Você não pode responder ou editar mensagens.  [ 46 mensagens ]  Ir para página Anterior  1, 2, 3, 4  Próximo

Todos os horários são GMT - 3 horas


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido

Procurar por:
Ir para: