Cotas sociais e raciais nas universidades públicas

Tópicos fechados criados originalmente no Bar do Chespirito.

Você é a favor?

Sim
3
21%
Não
11
79%
 
Total de votos: 14

Avatar do usuário
O Gordo
Membro
Membro
Mensagens: 15618
Registrado em: 12 Abr 2014, 21:25
Programa CH: Chapolin
Localização: MA
Curtiu: 891 vezes
Curtiram: 1501 vezes

Re: Cotas sociais e raciais nas universidades públicas

Mensagem por O Gordo » 18 Jun 2015, 22:06

Sei que é de faculdade e tal mas experimenta falar isso pras escolas e suas lindas matérias de Biologia, Química, Física, Sociologia, Filosofia, Literatura...

--
Tem que ser por raça não, tem que ser por condições financeiras. Isso daí que estão fazendo é quase como promover o racismo.
Imagem
“Não existe episódio semelhante! Existe preguiça de ver o episódio até o fim!”
- XAVIER, Evilásio


12/04/2014 a 13/07/2014 - Toupas Prancas
13/07/2014 a 30/12/2014 - O gordo e o obeso
30/12/2014 em diante - O Gordo
MEMBRO do FÓRUM CHAVES desde 12/ABR/2014
USUÁRIO DO MÊS em DEZ/2014, FEV/2015, MAR/2015, ABR/2015, NOV/2016, FEV/2017, DEZ/2017, FEV/2018, MAI/2018 e em JUL/2018
.
MODERADOR em 09/MAI/2015 (1º mandato - DDNL); 09/NOV/2015 (2º mandato - DDNL);
MODERADOR GLOBAL em 05/MAI/2016 (3º mandato - Global)
MODERADOR em 07/MAI/2017 (4º mandato - Moderador)

Avatar do usuário
Chokito Cabuloso
Membro
Membro
Mensagens: 5672
Registrado em: 28 Jun 2013, 18:49
Programa CH: Chespirito
Time de Futebol: Ed Gein FC
Localização: Centro de Atenção Integrada à Saúde Mental - Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo
Curtiu: 16 vezes
Curtiram: 326 vezes

Re: Cotas sociais e raciais nas universidades públicas

Mensagem por Chokito Cabuloso » 18 Jun 2015, 23:19

Dívida histórica tbm se tem com mulheres, anões (antigamente eram vendidos pra circos pelos próprios pais), judeus, orientais... Aqui no Brasil só homens brancos cristãos que eram valorizados. Aliás até onde os índios recebem cotas, se talvez eles são os que merecem mais?

De qualquer forma não acho que alguém deveria tirar a vaga de outra pessoa qualquer que foi melhor no vestibular e teria mais chance de se formar.
Imagem

Avatar do usuário
Barbano
Administrador
Administrador
Mensagens: 41356
Registrado em: 28 Jan 2009, 13:29
Time de Futebol: São Paulo
Localização: São Carlos (SP)
Curtiu: 1806 vezes
Curtiram: 3640 vezes

Re: Cotas sociais e raciais nas universidades públicas

Mensagem por Barbano » 18 Jun 2015, 23:58

Borges escreveu:Nova a ideia de que faculdade não é porta pra conseguir trabalho. Pra que vou "obter o conhecimento" sendo que não vou utilizá-lo?
Nova não é. Muitas faculdades não tem foco profissionalizante, foco para o mercado. O foco principal é a pesquisa e difusão do conhecimento. Mas claro que pode ajudar para um bom emprego também.

Os cursos realmente voltados para o mercado costumam ser os técnicos e tecnólogos.

Avatar do usuário
Don CHelipe
Membro
Membro
Mensagens: 2799
Registrado em: 07 Out 2010, 21:59
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: Corinthians
Localização: Guarulhos - SP
Curtiu: 30 vezes
Curtiram: 93 vezes

Re: Cotas sociais e raciais nas universidades públicas

Mensagem por Don CHelipe » 19 Jun 2015, 09:17

Barbano escreveu:
Borges escreveu:Nova a ideia de que faculdade não é porta pra conseguir trabalho. Pra que vou "obter o conhecimento" sendo que não vou utilizá-lo?
Nova não é. Muitas faculdades não tem foco profissionalizante, foco para o mercado. O foco principal é a pesquisa e difusão do conhecimento. Mas claro que pode ajudar para um bom emprego também.

Os cursos realmente voltados para o mercado costumam ser os técnicos e tecnólogos.
Ah sim, voce tocou no ponto chave: é a porta. O conhecimento obtido lá pode ajudar voce no profissional. Mas conhecimento é conhecimento, tem pessoas que fazem apenas pelo prazer do saber.
Desde 2006 no meio CH
Imagem

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 86670
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5362 vezes
Curtiram: 1881 vezes

Re: Cotas sociais e raciais nas universidades públicas

Mensagem por E.R » 16 Out 2016, 21:44

Fantástico mostrou hoje uma reportagem onde pessoas que não são negras estão usando essas cotas de forma ilegal.
Imagem
Imagem

Imagem
SBT, exiba os episódios perdidos mundiais do Chaves e do Chapolin !
Imagem

Avatar do usuário
@EA
Membro
Membro
Mensagens: 6923
Registrado em: 30 Mar 2010, 23:47
Programa CH: Chapolin
Time de Futebol: São Paulo
Localização: Via Láctea
Curtiu: 545 vezes
Curtiram: 415 vezes

Re: Cotas sociais e raciais nas universidades públicas

Mensagem por @EA » 16 Out 2016, 22:14

Realmente tem muito malandro fraudando as cotas, tipo a menina da reportagem.

O problema é que pra coibir, os militantes querem fazer todo mundo passar por um tribunalzinho pra que eles mesmos avaliem se o cara é negro ou não.
Agente da Coroa a serviço da Rainha


Imagem
Ouça Don Cristóvão quero avisar que a tripulação está com fome!
E por que não comem?
Porque não há comida!
E por que não há comida?
Porque acabou!
E por que acabou?
Porque comeram!
E por que comeram?
Porque tinham fome!
Tá vendo, deveriam ter esperado!



Imagem

Imagem
Imagem

Dá licença, gente! Tô passando pelo tópico!!!
Imagem

Avatar do usuário
Furtado
Membro
Membro
Mensagens: 6239
Registrado em: 13 Dez 2011, 21:12
Programa CH: Chaves
Curtiu: 243 vezes
Curtiram: 217 vezes

Re: Cotas sociais e raciais nas universidades públicas

Mensagem por Furtado » 16 Out 2016, 22:16

Barbano escreveu:
Borges escreveu:Nova a ideia de que faculdade não é porta pra conseguir trabalho. Pra que vou "obter o conhecimento" sendo que não vou utilizá-lo?
Nova não é. Muitas faculdades não tem foco profissionalizante, foco para o mercado. O foco principal é a pesquisa e difusão do conhecimento. Mas claro que pode ajudar para um bom emprego também.

Os cursos realmente voltados para o mercado costumam ser os técnicos e tecnólogos.
Sem contar que a faculdade te ajuda a ter uma visão de mundo mais ampliada e é um bom meio para networking.
Ex-moderador do Bar do Chespirito

Avatar do usuário
E.R
Membro
Membro
Mensagens: 86670
Registrado em: 01 Fev 2009, 19:39
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Flamengo
Localização: Rio de Janeiro (RJ)
Curtiu: 5362 vezes
Curtiram: 1881 vezes

Re: Cotas sociais e raciais nas universidades públicas

Mensagem por E.R » 16 Out 2016, 22:29

http://g1.globo.com/fantastico/noticia/ ... licas.html

Reportagem especial do Fantástico denuncia fraudes no sistema de cotas, com estudantes fingindo serem cotistas para entrarem em universidades públicas.

Entre os casos, há aluno que se passou por quilombola e aluna que afirmou ser de baixa renda quando, na verdade, sua família é proprietária de um hotel.
Imagem
Imagem

Imagem
SBT, exiba os episódios perdidos mundiais do Chaves e do Chapolin !
Imagem

Avatar do usuário
Victor235
Membro
Membro
Mensagens: 37356
Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Curtiu: 3494 vezes
Curtiram: 3021 vezes

Re: Cotas sociais e raciais nas universidades públicas

Mensagem por Victor235 » 23 Nov 2017, 20:24

Unicamp aprova cotas étnico-raciais no vestibular 2019; veja outras mudanças
Propostas que visam elevar inclusão social na universidade receberam aval do Consu nesta terça-feira. Universidade também terá vagas pelo Enem e 'cadeiras extras' para destaques em olimpíadas.
O Programa de Ação Afirmativa e Inclusiva (Paais), aplicado desde 2005 na universidade, também será reformulado e o bônus deve ser somado à nota final de cada fase do exame da seguinte maneira: 40 pontos para estudantes que cursaram todo o ensino médio na rede pública, e 20 pontos para os que fizeram todo o ensino fundamental II em unidades públicas.
Para os estudantes que realizaram ensino fundamental II e ensino médio na rede pública, portanto, serão incorporados 60 pontos às notas das provas. Por outro lado, autodeclarados pretos, pardos e indígenas deixam de ser contemplados no Paais, diante da inclusão de novas formas de acesso.
A universidade concede aos participantes do Programa de Ação Afirmativa e Inclusão Social (Paais), após o vestibular, 60 pontos à nota final da primeira fase. Quem for convocado para a segunda etapa terá acréscimo de 90 pontos à nota da redação e 90 pontos à nota de cada prova que compõe a nota final da segunda fase, segundo manual disponível no site da Comvest.
Além disso, candidatos inscritos no grupo e autodeclarados pretos, pardos ou indígenas (segundo classificação do IBGE) receberão outros 20 pontos à nota final da primeira fase; enquanto que os convocados para a etapa seguinte terão mais 30 pontos à nota da redação e mais 30 na nota final da segunda fase. Só será contemplado quem fez a indicação durante o período de inscrição.
https://g1.globo.com/sp/campinas-regiao ... ncas.ghtml
Na luta pela mudança da favicon do fórum.

Avatar do usuário
Victor235
Membro
Membro
Mensagens: 37356
Registrado em: 04 Dez 2011, 22:00
Programa CH: Chaves
Time de Futebol: Palmeiras
Curtiu: 3494 vezes
Curtiram: 3021 vezes

Re: Cotas sociais e raciais nas universidades públicas

Mensagem por Victor235 » 08 Fev 2019, 21:17

10,4% das autodeclarações de raça/cor da USFCar não são aceitas após verificação
O estudante que se declarou preto ou pardo teve que se apresentar pessoalmente a uma banca formada por três membros indicados pela Secretaria Geral de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade (SAADE) da UFSCar.
https://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regi ... acao.ghtml
Na luta pela mudança da favicon do fórum.

Avatar do usuário
Barbano
Administrador
Administrador
Mensagens: 41356
Registrado em: 28 Jan 2009, 13:29
Time de Futebol: São Paulo
Localização: São Carlos (SP)
Curtiu: 1806 vezes
Curtiram: 3640 vezes

Re: Cotas sociais e raciais nas universidades públicas

Mensagem por Barbano » 08 Fev 2019, 21:25

Tribunal racial. Que absurdo!

Tempos sombrios esses...
Imagem

Avatar do usuário
Bernkastel
Membro
Membro
Mensagens: 20995
Registrado em: 07 Mai 2010, 19:59
Programa CH: La Chicharra
Localização: The Twilight Zone
Curtiu: 444 vezes
Curtiram: 2792 vezes

Re: Cotas sociais e raciais nas universidades públicas

Mensagem por Bernkastel » 08 Fev 2019, 22:55

Na estatística, pardo é negro se for assassinato e branco se matar alguem
Antonio Felipe escreveu:Ô, meu, você não tem nada pra fazer, não?

Trancado